VOCÊ EMPREENDEDOR / NOTÍCIA

Cake design: obras de arte na confeitaria

Trabalhar em um profissão hoje te proporciona, além de estar apto para realizar uma atividade, poder escolher qual nicho desta profissão você quer seguir. Isso se deve ao aumento das possibilidades do mercado, criatividade, novas tendências, tecnologias e muito mais. O nosso foco neste artigo do Mercado de Trabalho será cake design, um segmento que cresce muito no âmbito da confeitaria.

Muitas novas profissões vêm surgindo com o tempo. As pessoas têm abraçado seus hobbies e suas paixões e transformado em muito mais do que uma fonte de renda, esses hobbies se transformam, cada vez mais, em carreiras profissionais. Esse é o caso de quem ama a confeitaria a ponto de se tornar um cake designer. A profissão está super em alta, mas você sabe os detalhes dessa profissão?

O significa cake design?


Em português, “cake design” significa “design de bolos”. Portanto, os cake designers tem o poder de transformar bolos, tortas, cupcakes e outros doces em verdadeiras obras de arte. Eles são a versão moderna dos confeiteiros e possuem um vasto conhecimento em técnicas de decoração.

Entre os materiais utilizados está a famosa pasta americana, que permite modelar tudo aquilo que a imaginação e a criatividade puderem alcançar, com formas, cores e sabores para os mais variados estilos de festa. Flores, estrelas, corações, listras. Tudo pode ser moldado com a pasta americana, também conhecida como pasta de açúcar. Mas não para por aí! É possível usar, inclusive, materiais não comestíveis para deixar a sobremesa linda e criativa.

Origem dos bolos decorados


O cake design como conhecemos teve origem na Inglaterra durante o reinado da Rainha Elizabeth I, de 1558 a 1603, onde a pasta de amêndoa (marzipã) foi usada pela primeira vez para decorar bolos. Durante o século 17, os bolos decorados eram símbolo do status e do poder financeiro das famílias.

A arte da decoração de bolos, ao longo do tempo, evoluiu e se modernizou, além de demandar cada vez mais conhecimento dos confeiteiros. Estrela das cerimônias, os bolos decorados possuem uma aceitação sem igual dos consumidores.

O mercado está em busca de itens que vão muito além do seu sabor, mas que façam parte de uma experiência sensorial, unindo o paladar e a visão para impressionar os convidados e agradar as crianças. Essa liberdade permite ao cake designer a criação de bolos singulares, com combinações exóticas, coberturas impecáveis, arremates elegantes e vários elementos decorativos, afinal, você come primeiramente com “os olhos”. 

Cursos profissionalizantes de cake design


Por ser uma profissão em alta, os caminhos estão mais abertos para quem quer se tornar um cake designer. Mas, antes de entrar no mundo da modelagem de bolos, que lhe trará boas horas de curso, é preciso começar do básico: você sabe fazer um bolo? Muitas pessoas querem aprender a decorar sem sequer saber a função do ovo em uma receita de bolo simples. Portanto, comece devagar, treinando, e só a partir disso, decore.

Separamos alguns cursos on-line para você, todos do Instituto Mix de Profissões, uma das maiores e melhores redes de ensino profissionalizante do Brasil, que tem a gastronomia como um dos segmentos de maior credibilidade na rede. Entre os cursos online estão o de Pasta Americana, Técnicas e Boas Práticas da Confeitaria, Bolos Confeitados e o curso de Confeitaria.

Para você que não abre mão de um curso presencial, não se preocupe, há o Curso de Confeitaria presencial. Atualmente a rede conta com mais de 600 unidades no Brasil, e com certeza há uma unidade IM na sua cidade ou na cidade mais próxima.

Quanto ganha um profissional da área?


Atualmente, o salário de um cake designer pode variar entre R$ 1,8 mil até R$ 6 mil por mês. E o mais importante da profissão é sempre se manter atualizado, acompanhar frequentemente as tendências do cake design é algo crucial para crescer na carreira, independente do nicho de atuação. Quem sabe com o tempo você também não passa a ganhar até R$ 40 mil mensalmente como os maiores cake designers do Brasil?

Aproveite a oportunidade! Se você gosta do mundo da confeitaria esse é um ótimo exemplo de renda extra ou oportunidade de começar o tão sonhado negócio próprio. Lembrando que nos próximos anos a demanda por qualificação será muito alta. Será imprescindível você ter no currículo um curso profissionalizante para agregar conhecimento e se destacar no mercado.  

← Voltar
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Gestão de Mídias: jovem une tecnologia e evangelização

Quando falamos de internet, ela pode ter muitas funcionalidades e ser usada para os mais variados fins. E para "administrar" todas essas possibilidades, a profissão de gestão de mídias tem despontado como um trabalho cada vez mais necessário no mercado. As empresas que ainda não estão nas redes, não estão ...

Salário emocional: como está o seu?

Quando você é colaborador em uma empresa o salário pode fazer a diferença na sua autoestima, no rendimento do seu trabalho, no ânimo de forma geral de como você realiza a sua atividade. Mas não estamos falando somente de salário "financeiro", nosso foco neste artigo é um outro tipo de ...