VOCÊ EMPREENDEDOR / NOTÍCIA

Mestre de obras e suas atribuições

Uma obra, seja pequena ou de grande porte, mobiliza diversos profissionais de diversos segmentos, não somente o mestre de obras, mas profissionais do ramo da construção civil como engenheiros, paisagistas, arquitetos, pedreiros, eletricistas, pintores, decoradores.

É como em uma orquestra em que tudo tem que estar “afinado” e “tocando ao mesmo tempo”, em harmonia. E quem coordena o processo todo? O mestre de obras!

Além de um curso para capacitação, como o curso de Mestre de Obras, do Instituto Mix de Profissões, é necessária muita experiência e conhecimento em construção civil. Geralmente um mestre de obras tem início na carreira como ajudante ou servente de pedreiro, depois ele costuma ser o próprio pedreiro até que, devido aos seus conhecimentos, esforços e estudos, acaba chegando à profissão de mestre de obras.

Principais funções do mestre de obras


Ele é o responsável pela fiscalização da construção em si, do início ao fim das obras. É ele quem analisa as instruções técnicas dos projetos com outros profissionais e é por isso a importância de um curso de aperfeiçoamento como do Instituto Mix de Profissões.

O mestre de obras precisa conhecer e interpretar projetos, ajudar na instalação do canteiro de obras, monitorar a equipe bem como os padrões de qualidade, controlar todo o material utilizado, assim como a entrada e saída dos produtos e coordenar toda equipe. Resumindo, um cargo de alta responsabilidade!

Mediador de conflitos


E não para por aí. O mestre de obras também é responsável por resolver problemas e conflitos na obra, o que costuma ocorrer diariamente. Seja por divergências causadas por intemperes (chuvas, ventos, temporais, movimentação do solo) ou desentendimentos entre os colaboradores.


A única certeza desse profissional em um dia de trabalho é o horário de entrada no canteiro de obras. Não há como saber se ocorrerão imprevistos e a melhor forma de resolvê-los, nem a hora exata que ele vai deixar o canteiro. Por isso a importância da experiência desse profissional, pois ele terá que estar ciente que “tudo pode acontecer” em um dia.

Outras atribuições de um mestre de obras


Além de ser o responsável por tantas atividades em uma construção, o mestre de obras ainda tem outras atividades em que ele precisa se doar para desenvolver da melhor maneira possível essas obrigações.

Entre essas atribuições extras estão gerir os resíduos da obra e cuidar para que sejam os menores possíveis, cuidando e zelando sempre pelo meio ambiente. Controlar a quantidade de materiais usados para que não sejam desperdiçados como a areia, cimento, brita, madeira, telhas etc.

Coordenar a instalação das estruturas construtivas do canteiro de obras, o canteiro em si (demarcação da obra) e todo o processo de real edificação e acabamento. Orientar a equipe a trabalhar dentro do cronograma e prazos, o que é muito importante, pois a maioria dos proprietários tem pressa na finalização das obras.

Mestre de obras: o líder!


Das aptidões que vão além da área técnica, o mestre de obras precisa se comunicar bem com sua equipe. Ele é um líder e não um chefe ou um patrão. Por isso ele deve ouvir sua equipe, pedir opiniões e traçar planos de ações viáveis.

Como o mestre de obras trabalha com profissionais de diferentes personalidades e temperamentos, com vivências e formações diversificadas, é preciso criar um espírito comum em todos para que os resultados saiam como o planejado. Como construir é um trabalho que precisa ser feito em conjunto, uma equipe coesa é primordial para uma construção bem feita.

O mestre de obras precisa agir ainda, como em qualquer outra profissão, de forma ética, imparcial e com retidão de caráter em todas as ações. A equipe tende a se espelhar no profissional e agir da mesma maneira garantindo o sucesso da obra.

Área de atuação


Há uma grande carência no mercado de mão de obra especializada no setor, países como Austrália, Canadá, e muitos outros, sofrem com a falta de profissionais do ramo da construção civil. Mas não precisamos ir tão longe, aqui mesmo no Brasil a demanda por trabalho na construção civil é gigantesca.


Embora a crise do COVID-19 tenha “freado” alguns empreendimentos, muitos projetos já existentes precisam continuar os trabalhos, e mais do que nunca os profissionais bem treinados e com qualificação são fundamentais para continuar o ciclo da economia girando.

A remuneração também costuma ser muito atrativa para quem trabalha na construção civil e quanto mais estudos e aperfeiçoamentos ele ter, mais reconhecimento o mestre de obras vai receber e melhor serão seus rendimentos.

← Voltar
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Gestão de Mídias: jovem une tecnologia e evangelização

Quando falamos de internet, ela pode ter muitas funcionalidades e ser usada para os mais variados fins. E para "administrar" todas essas possibilidades, a profissão de gestão de mídias tem despontado como um trabalho cada vez mais necessário no mercado. As empresas que ainda não estão nas redes, não estão ...

Salário emocional: como está o seu?

Quando você é colaborador em uma empresa o salário pode fazer a diferença na sua autoestima, no rendimento do seu trabalho, no ânimo de forma geral de como você realiza a sua atividade. Mas não estamos falando somente de salário "financeiro", nosso foco neste artigo é um outro tipo de ...