VOCÊ EMPREENDEDOR / NOTÍCIA

Chef Vegano ganha ênfase na gastronomia

O veganismo tem cada vez mais adeptos pelo mundo afora. Se há alguns anos ficávamos surpreendidos quando ouvíamos alguém afirmar-se vegano, hoje em dia encaramos este estilo de vida com muito mais normalidade.

Havendo cada vez mais pessoas seguindo este tipo de regime alimentar, não é de estranhar que haja mais produtos feitos apenas de ingredientes 100% vegetais.

Mas o que é o veganismo?


Pessoas que seguem uma alimentação vegana excluem do seu prato qualquer alimento de origem animal, como carne, peixe, laticínios, ovos e mel. É esta a principal diferença ao vegetarianismo, que exclui o consumo de carne e de peixe, mas não proíbe a ingestão de laticínios, ovos e mel. Uma dieta vegana pode ser muito rica e inclui todos os tipos de:

  • Frutas;
  • Legumes;
  • Leguminosas;
  • Frutos secos;
  • Cereais;
  • Sementes.

A partir daqui, utilizando estes grupos alimentares como base, as possibilidades são inúmeras: hambúrgueres de leguminosas, pizzas veggie, húmus, pratos à base de massa e dentre outras receitas.

Tipos de veganos


Vegetarianos e veganos possuem diferentes estilos de consumo, existem os Ovolactovegetarianos, Lactovegetarianos, Vegetarianos Estritos e os Veganos, confira;

Conseguimos atender a demanda do mercado vegano?


Bom, a resposta é não. Não conseguimos atender ainda a alta demanda que este segmento requer atualmente. Faltam restaurantes qualificados o suficiente para atender as necessidades básicas deste público, um critério valioso para o empreendedor é seu nome/marca e autoridade que ele tem sobre a cidade, e o momento para criar essa marca é agora.

Para conquistar o público e se tornar referência o seu negócio deve ser o primeiro e melhor da cidade, para isso é necessário buscar pela qualificação profissional na área. E a hora é agora!

Qualificação profissional para se tornar um Chef Vegano


Falando da qualificação profissional, é importante fazer uma boa pesquisa antes de iniciar um curso. Verificar sempre a credibilidade da marca e como ela atende seus clientes, tipos de benefícios, valores e qualidade de ensino.

Um ponto a observar que é muito importante, é se a escola fornece certificado reconhecido nacionalmente para dar a você a possibilidade de exercer a função em qualquer lugar do país.

Áreas de atuação no segmento vegano


Se tratando da gastronomia, é uma área que abrange vários espaços, podendo exercer tanto em restaurantes gerais ou especializados. Ainda podendo exercer a profissão em hotéis, venda de produtos embalados, e em casa em forma de marmitex.

Por se tratar de uma área que atinge apenas a um público específico, os clientes tendem a ser fiéis ao estabelecimento e isso facilita os ganhos, existindo assim a fidelização e indicação provenientes de seus clientes.

Resumindo: Chef Vegano dá dinheiro?


Pelo simples fato de ser um “novo” segmento da área da gastronomia e existirem poucos profissionais qualificados para atender a todos, é um mercado caro (ainda), porém com um custo baixo para quem presta o serviço, o que leva uma alta renda para o dono do estabelecimento. Uma dica para quem pretende empreender no ramo é ter sua própria plantação e, claro, com os devidos cuidados em relação ao processo orgânico.

Os valores e sabores de pratos são variáveis de acordo a cada região e estado do país, mas em uma média um prato vegano custa de R $20 a R$ 35 reais, e tem um custo médio de preparo de R$ 6 a R$ 10 reais por prato.

O que leva um rendimento maior que 100%, supondo que a cada cliente tenha uma renda de R$10 limpos. Ao final de um dia com 50 pratos vendidos, são R$ 500 no dia, ao longo de um mês temos R$ 10 mil reais, sem considerar os fins de semana, em que geralmente o fluxo de clientes é maior para este segmento.

Separamos essa opção de curso de Chef Vegano, curso renomado para você se especializar neste segmento que está crescendo muito e promete bons resultados financeiros para quem aposta neste setor. 

← Voltar
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Influenciador Digital: ganhe dinheiro com a internet!

Com o desenvolvimento da tecnologia e da Internet, começamos a viver em um novo paradigma. No passado, grandes produtores e grandes empresas eram os que mantinham o monopólio da mídia. Agora, como influenciador digital, você pode aproveitar para fazer divulgações de produtos, estabelecimentos e muitos mais.Pessoas comuns podem produzir conteúdo, ...

Cursos livres: 4 vantagens de investir em profissionalização!

Investir em cursos livres pode ser uma boa oportunidade para quem precisa se recolocar no mercado de trabalho ou começar uma profissão do zero. De fato, esse tipo de experiência de ensino faz muita diferença na formação de bons profissionais que enxergam além das opções tradicionais do mercado.Durante a dinâmica ...