VOCÊ EMPREENDEDOR / NOTÍCIA

Clubhouse: o novo fenômeno das redes sociais

O brasileiro é um dos povos mais antenados nas novidades tecnológicas quando o assunto são mídias sociais. Uma das redes que estão causando um rebuliço nos últimos dias é o Clubhouse. Porém, boa parcela dos brasileiros ainda está sem entender direito esse fenômeno, uma vez que, por enquanto, o Clubhouse é exclusivo para o sistema iOS.

De acordo com os dados do gigante de buscas na internet, o Google, as pesquisas por “aplicativo clubhouse” cresceram 4.850% no Brasil nos últimos dias, isso mesmo, quase 5000%!

O aumento repentino está ligado ao uso da plataforma por celebridades, principalmente. E você pode até não conhecer ela (ainda), mas no feroz e valioso mundo das startups, ela já vale a incrível cifra de US$ 1 bilhão.

Adesão das celebridades alavancou a rede social


O uso da plataforma ganhou força no fim de janeiro, quando o bilionário Elon Musk (CEO da SpaceX e CEO da Tesla Motors) e o presidente-executivo do aplicativo de investimentos Robinhood, Vlad Tenev, conversaram pelo aplicativo.

O movimento não só impulsionou a plataforma, como deu início a uma corrida por convites para acessar a ferramenta nos Estados Unidos. Além deles, completam a lista de 600 mil usuários da Clubhouse famosos como Oprah Winfrey, Kevin Hart, Drake, Chris Rock e Ashton Kutcher.

E como tudo que acontece por lá vira tendência por aqui, no Brasil muitos empresários e celebridades já estão aderindo ao Clubhouse. Lançada em abril do ano passado, a plataforma pertence à Alpha Exploration Co. e foi desenvolvida por Roshan Seth, ex-funcionário do Google, e por Paul Davison, empresário do Vale do Silício.

Mas como fazer parte do Clubhouse? 


A plataforma permite que usuários participem de salas de bate-papo com duração pré-determinada, desde pequenas conversas com amigos a palestras e discussões maiores com autoridades e especialistas, com a presença de milhares de usuários ouvintes.

O microfone fica aberto, como se fosse uma ligação de voz. Não é preciso apertar nada para falar. Caso deseje, você pode permitir que outras pessoas entrem e você controla quem pode falar ou não.

Ainda não disponível para Android


Por enquanto para quem tem um celular com sistema operacional Android, não é possível baixar o app. Ainda não há uma previsão concreta, ou mais informações, sobre o Clubhouse para este sistema específico.

No momento, é possível baixar o aplicativo na Apple Store e fazer um cadastro na lista de espera, reservando um nome de usuário. A entrada depende da liberação do acesso por outros usuários que, sincronizados à sua rede de contatos, podem permitir a entrada no aplicativo.

Se você tem iPhone e quer experimentar, não precisa ficar pedindo convite. Instale o aplicativo e espere algum amigo seu que esteja dentro da rede dar a permissão para você entrar. Como em todas as redes sociais, sempre tente proteger seus dados e, nunca é demais lembrar e reforçar, cuidado com o que você fala ou expressa!

← Voltar
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Carro ou coletivo: qual a melhor opção?

Todo mundo já pensou alguma vez na vida sobre o que vale mais a pena em termos de deslocamento: carro ou transporte público? Essa é uma pergunta difícil de ser respondida objetivamente, já que trata-se de uma opção envolvendo muitos fatores.Infelizmente, o transporte público brasileiro não possui o padrão de ...

Massagens: como ganhar dinheiro com elas?

Quando falamos de massagens, reforçamos que este é um mercado muito amplo e cheio de oportunidades. A primeira ideia que vem à mente é a massagem relaxante que alivia o estresse através de um tratamento terapêutico.Porém a massagem profissional vai muito além da massagem relaxante e para fins terapêuticos. Atualmente ...