VOCÊ EMPREENDEDOR / NOTÍCIA

Os desafios dos 21 dias para mudanças de hábitos

O brasileiro ficou, de certa forma, “saturado” em 2020 com tantos desafios a serem superados. E não é pra menos, com tantos acontecimentos ao mesmo tempo, a população pôde refletir mais sobre a sua existência e como cada um de nós planeja viver daqui para frente.

Nossas escolhas, nossos hábitos, nossos comportamentos. Por isso, 2021 começou bem diferente dos outros anos e já pode ser considerado o ano dos desafios pessoais.

Muita gente tem colocado metas de superação em diferentes áreas, mas as que mais têm ganhado a atenção da sociedade são os desafios para fazer mais atividade física, mais estudos, leitura, meditação, melhorar a alimentação, melhorar o convívio social e o contato com a natureza.

Os estudos sobre os 21 dias


Você sabia que são necessários, no mínimo, 21 dias para mudar nossos hábitos? Tudo o que você faz com frequência torna-se um hábito como: dirigir, escovar os dentes, tomar banho, lavar a louça, até a maneira como você trata a si mesmo e as outras pessoas tornam-se um hábito.

Os hábitos tanto podem ser bons e contribuir para o seu bem estar, como podem ser ruins e tóxicos. Por isso o desafio dos 21 dias é um ótimo pontapé para quem quer mudar velhas práticas. Pare um pouco agora e responda: Qual mudança de hábito poderia deixar a sua autoestima lá em cima?

  • Pensar de uma forma mais saudável e positiva;
  • Ter um comportamento mais assertivo consigo mesmo e com as outras pessoas;
  • Aderir a uma dieta saudável;
  • Parar de fumar;
  • Ser mais simpática(o);
  • Mais alegre;
  • Mais positiva(o);
  • Mais grata(o) enfim são infinitas as possibilidades.


Há quem diga que mudar hábitos não é fácil, e não é mesmo, mas a ciência comprova que o cérebro precisa apenas de alguns dias para aderir ao novo comportamento, por isso os desafios são uma ótima alternativa para forçar essa mudança comportamental.

A teoria dos desafios dos 21 dias


A neurociência comprova que para mudar hábitos são necessários no mínimo 21 dias. Uma pesquisa realizada nos Estados Unidos com 96 pessoas comprovou que o cérebro precisa de 18 a 254 dias para aderir ao novo hábito e a média é de 66 dias. Essa variação de dias acontece porque cada pessoa é diferente e algumas podem levar mais dias do que outras.

Também vai depender da motivação, determinação, disciplina e da complexidade do hábito que se quer adquirir. O cérebro precisa de pelo menos 21 dias para que o comportamento se torne automático, pois isso o foco nos desafios é importante, pois esse primeiro esforço irá ditar seu comportamento, até virar uma rotina.

Como dar o primeiro passo?


Se você está acompanhando as publicações do blog Mercado de Trabalho e quer realmente mudar seus hábitos, padrões de pensamentos, comportamentos e sua autoestima, é necessário então reunir toda a sua determinação, autodisciplina e motivação para mudar. Essa decisão irá transformar sua vida.

Para começar seu desafio, identifique qual hábito você precisa mudar com mais urgência e faça a experiência por pelo menos 3 semanas de:

  • Não se criticar;
  • Parar de enxergar só o negativo em você;
  • Parar com o pessimismo;
  • Acreditar mais em você, se arrisque mais e veja o que acontece;
  • Praticar a gratidão por 21 dias;
  • Ficar sem reclamar;
  • Dedicar mais tempo para você;
  • Parar de se comparar e etc;


Todos esses tópicos são exemplos e estão relacionados com a baixa autoestima. Uma vez que você vê resultados em alguma área da sua vida, outras áreas também serão atingidas de forma positiva.

Desafios irão fazer você se enxergar de outra forma


Não lute contra você! Pois você não é o inimigo, é preciso lutar contra aquilo que impede você de ter uma autoestima elevada, de ser mais feliz consigo mesmo. Busque autoconhecimento e mude seus hábitos para mudar sua autoestima.

Para começar, pesquise mais sobre os desafios dos 21 dias, e lembre-se que esse tempo pode ser maior! A disciplina, a motivação e a determinação serão grandes aliados nesse processo de mudança. 2021 está só começando, ainda há tempo para mudar velhas práticas. Força e foco! 

← Voltar
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Cursos livres: 4 vantagens de investir em profissionalização!

Investir em cursos livres pode ser uma boa oportunidade para quem precisa se recolocar no mercado de trabalho ou começar uma profissão do zero. De fato, esse tipo de experiência de ensino faz muita diferença na formação de bons profissionais que enxergam além das opções tradicionais do mercado.Durante a dinâmica ...

De catador de latinhas a um dos mais importantes empresários do Brasil

A história de vida e a trajetória profissional de um dos empresários e palestrantes mais bem sucedidos do Brasil, nos surpreende pela sua capacidade de superação, a leveza com que se comunica com as outras pessoas e pelo sentimento constante que o envolve: gratidão!Geraldo Rufino, 63 anos, é proprietário da ...